domingo, 29 de dezembro de 2013

Magia ou Loucura (resenha)

Magia ou Loucura
Autoria: Justine Larbalestier
Editora: Galera
Nota: 3 estrelas.
Sinopse: Por 15 anos Razão viveu no interior da Austrália com sua mãe, Sarafina. Desde quando ela consegue se lembrar, as duas vivem fugindo da avó, Esmeralda - uma bruxa que pratica terríveis rituais de magia negra. Mas, depois que Sarafina enlouquece, Razão é mandada para o lugar que mais teme: a casa da avó, em Sidney.

Mas o lugar nao se parece em nada com o que Sarafina descreveu, e Esmeralda não aparenta ser maléfica. Pela primeira vez, Razão se vê questionando os ensinamentos da mãe... Mas espere aí! Mesmo sem ter visto sinais de fumaça e espelhos espalhados pela casa - altamente perigosos, segundo Sarafina -, a avó guarda dentes de pessoas escondidos e tem uma chave misteriosa na gaveta. Ela não pode ser boa, pode?

Avaliação: Mais um livro que li há anos. Este é o primeiro de uma trilogia. Já li todos e foi muito bom.

Razão Cansino é nossa protagonista. Nome muito estranho, certo?

Sua mãe, Sarafina, não queria saber de magia, por isso colocou este nome na filha, para que fosse sempre um lembrete de que deveria se apoiar em coisas como intelecto, racionalidade, lógica e razão, esquecendo da magia.

A história começa quando Sarafina enlouquece e Razão vai morar com a avó, Esmeralda. O problema é: durante toda a sua vida, Razão foi levada a crer que a avó é má, louca e magia não existe. Foi uma grande surpresa para a protagonista quando descobriu que existe sim, magia e pior, é ela ou a loucura.

''As histórias da minha mãe me inundaram de repente. Todas as coisas que Sarafina vivenciara... tinham acontecido aqui.''

Magia ou loucura traduz à perfeição o dilema deste primeiro volume. Não explicarei melhor esta afirmação, deverá ler o livro para descobrir.

''Tom sabia o meu verdadeiro nome. Eu já tinha sentido vontade de contar-lhe coisas que nunca tinha contado para ninguém...''

Gosto das personagens secundárias e há uma esperança de romance aqui.

Esqueci de contar! Me identifiquei muito com Razão. Ela é ótima com matemática! Não sou tão boa quanto ela, mas depois que a conheci passei um tempo fissurada em Fibonacci e não foi inútil, me ajudou bastante em uma questão da prova ano passado.

''Os Fibonacci são os meus favoritos. Dá para chegar muito longe com eles. No infinito, para falar a verdade. Os Fibonacci são números muito especiais que ficam cada vez maiores à medida que você vai fazendo as contas. Os Fibs são como as mentiras: vão criando mais Fibs sem parar, ou param quando você se cansa da brincadeira.''

Não é um grande livro, com altas complicações, aventuras e emoções. Mas tem um enredo interessante e é ótimo para passar o tempo. Lembro que quando comecei a ler, simplesmente não consegui largar Magia ou Loucura. Há algumas aventuras e mistérios que te impedem de se afastar. A escrita também ajuda bastante.
É um ótimo livro.

A diagramação é boa. A capa é... bem, é a capa certo? Não vejo nada de especial, mas não se acanhem por causa disso, a leitura vale a pena!

Por: Mel

2 comentários:

  1. Olá, como vai?
    Lembramos de você na marcação de um desafio muito legal!
    (http://acampamentoliterario.blogspot.com.br/2013/12/desafio-de-ferias.html)
    Esperamos que você participe e goste.
    Beeijos, equipe AL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Vimos essa marcação e já estamos dentro :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...